terça-feira, 14 de março de 2017

Pães de Hambúrger Caseiros Sem Lactose e Sem ovos com Gergelim



Bom dia!

A receita de hoje é uma velha conhecida sempre muito bem recebida aqui em casa...rsrsrsrsrs
É muito gratificante fazer seu próprio pão e ainda comê-lo quentinho saindo do forno com hambúrgeres de carne também caseiros.
A receita do pão é o que trago hoje, e é sem lactose alguma.

Numa tigela junte

1 xícara de água morna suportável ao toque da pele
1 xícara de farinha de trigo
1 col de sopa de fermento bioçógico seco
3 col de sopa de açúcar

Mexa e deixe descansar por 10 minutos coberto com um pano em lugar seco sem correntes de vento.

Depois disso junte 3 col de sopa de óleo de milho ou outro de sua preferência, 1 col de chá de sal e 1 xícara e meia de farinha de trigo. Mexa muito bem e deixe descansar por 1 hora. Modele então em formato de pães de hambúrger e leve a forma forrada com papel manteiga e pincelada com óleo. Deixe descansar mais 20 minutos e pincele os pães com água, depois polvilhe o gergelim.

Bom apetite e fiquem com Deus!!!


Por Ana Aloba-Da-Rocha




quinta-feira, 9 de março de 2017

Focaccia Sem Glúten e Sem Lactose



Bom dia!

Hoje venho trazendo uma receita sem glúten e sem lactose para quem tem restrições alimentares ou para quem gosta de uma alimentação mais leve.
Sempre trarei receitas que possam servir aos gostos e ncessidades de cada um, lembrando que devemos sempre procurar orientação médica e nutricional para ter uma alimentação completamente adaptada ao organismo de cada um, isso é o correto.

Mas vamos a receitinha que foi feita porque eu queria uma pequena quantidade de focaccia, se você vai fazer para 2 pessoas ou mais dobre a receita.
As minhas assei em mini forminhas para pizza, você pode fazer numa forma só, a escolha é sua!

Numa tigela, ponha 1 colher de sopa de farinha de aveia, 1 colher de sopa de fermento biológico, 1 colher de sopa de açúcar 1 meia xícara de água morna suportável ao toque da pele. Deixe descansar por 10 minutos.





Enquanto isso, pegue uma xícara e coloque 2 colheres de sopa de farinha de linhaça dourada, 2 colheres de sopa de aveia, e complete com mix de farinha sem glúten. Junte meia col de chá de sal, meia colher de chá de goma de xantana, meia colher de chá de alho em pó e meia colher de chá de bicarbonato de sódio.
Misture o fermento que estava repousando e junte 1 ovo batido. Misture tudo e deixe descansar por 1 hora.
Ponha em forma untada, coloque as coberturas de sua preferência e leve ao forno préaquecido até dourar.


Fiquem com Deus!

Ana-Aloba-Da-Rocha

segunda-feira, 6 de março de 2017

Repolho Roxo com Maçã


Bom dia!

Ontem testei uma receita maravilhosa da Rita Lobo. Ideal para servir com assados, mas é tão bom que aqui comi com minha focaccia!
A receita da Rita Lobo segue na íntegra retirada do site Panelinha.

Ingredientes

  • 1 repolho roxo
  • 1 maçã fuji
  • 4 colheres (sopa) de manteiga
  • 1/2 xícara (chá) de água
  • 1/2 xícara (chá) de vinagre de vinho branco
  • caldo de 1 limão
  • 3 colheres (sopa) de açúcar
  • 5 cravos-da-índia
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparo

  1. Corte o repolho ao meio, apoie a parte plana na tábua e fatie cada metade em tiras finas de cerca de 1 cm. Transfira para uma tigela, lave bem sob água corrente e deixe escorrer a água.
  2. Lave, seque e corte a maçã ao meio (com a casca). Descarte as sementes, corte cada metade em fatias e as fatias em cubos pequenos. Transfira para uma tigela e regue com o caldo de limão - ele evita que a maçã escureça e dá sabor ao preparo.
  3. Leve uma panela média com a manteiga ao fogo médio. Quando derreter, acrescente o repolho, tempere com uma pitada de sal e refogue por cerca de 3 minutos até murchar.
  4. Acrescente a água, o vinagre, o cravo, o açúcar e a maçã (com o caldo). Misture bem e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos, mexendo de vez em quando, até o repolho ficar bem macio. Prove e tempere com sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto. Sirva a seguir.

sábado, 4 de março de 2017

O bolo de fubá mais gostoso



 Bom dia gente linda!

Hoje vim trazer uma receita que faz parte do nosso caderninho de receitas, as mais queridas. É a receita do bolo de fubá mais gostoso.  Ela é rápida, prática e deliciosa,  isso eu garanto.

Ingredientes
3 ovos
1/2 xic de óleo
1xic de leite de coco
3/4 de xic de açúcar
1 xic de fubá
1/2 xic de farinha sem glúten ou farinha de trigo
3 col de sopa de queijo parmesao ralado
1 col de sopa de fermento químico
2 col de sopa de manteiga


O modo de fazer é colocando os ingredientes no liquidificador.
Mas deixe o fermento para misturar por último depois que já tiver liquidificado tudo.
Leve para assar em forma untada e enfarinhada em forno preaquecido.


Por Ana Aloba-Da-Rocha

quarta-feira, 1 de março de 2017

Pudim Afetivo





Boa tarde!

Alguém pode estar se perguntando porque afetivo com tantos nomes para se colocar num pudim simples caseiro? Afetivo porque comida é afeto do começo ao fim, da escolha da receita e dos ingredientes, do  preparo até a hora de servir.  Mais afeto ainda porque esse pudim foi feito numa forma antiga que encontrei num dos meus garimpos na casa de Mamãe. Uma forma que me levou de volta ao tempo de antes em algum lugar que nem consegui datar, mas é  uma forma de antigamente. E é dela. Então pudim com mais afeto ainda e com receita nova. A receita nova foi por conta da forma, que não é só uma forma de     pudim.....ela é uma forma de pudim de banho-maria de fogão com panela e tampa! Mas garanto que dá pra fazer na sua forma com uma panela comum que tenha tampa.


Olha a receita como é fácil e rápida:

A calda
Numa panelinha ou na forma de alumínio para pudim, coloque 1 xic de açúcar e 1/2 xic de água. Misture e leve ao fogo baixo até que a calda fique na cor de caramelo. Agora espalhe por toda a forma onde vai fazer o pudim.

O Pudim
No liquidificador bata 4 ovos por 10 segundinhos. Acrescente  1 lata de leite condensado , a mesma medida de leite e bata novamente para misturar.
Despeje na forma já com a calda, ponha a forma  na panela com 2 xícaras de água,cubra o pudim com papel toalha e depois feche a panela com a tampa. Ponha em fogo alto,quando ferver baixe para fogo médio e conte 20 minutos. Desligue o fogo, espere 5 minutos e solte os lados do pudim com uma faca, delicadamente. Desenforme quente para que a calda caia  sobre o pudim.

A receita achei na internet, no Gshow. Aprovadíssima!





Por Ana Aloba-Da-Rocha

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Pasteizinhos Ana Sofia



Boa tarde minha gente!


Hoje venho dividir com vocês uma receita doce, simples, de um valor afetivo imensurável como todas as coisas que fazemos com dedicação e amor.
Desde que minha netinha começou a estudar, tenho procurado desenvolver receitinhas para que ela possa levar gostosuras pro lanche que tenham sido feitas por nós sem aditivos e toda a química dos industrializados.

A receita é esta:

Numa tigela,  misture 1 xic de farinha de trigo ou farinha sem glúten  com 2 col de sopa de manteiga ghee ou manteiga comum e 2 col de sopa de água. Sove a massa e depois abra sobre superfície enfarinhada. Corte círculos e recheie com cubinhos de goiabada ou mesmo recheios salgados.  Dobre os pasteizinhos e feche as bordas pressionando com um garfo. Pincele com uma gema. Leve ao forno em assadeira forrada com papel manteiga .

Com carinho, 

Ana Aloba-Da-Rocha




sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Bolo de Cenoura com Castanhas, Passas e Especiarias



Bom dia!

Hoje o dia começou com bolo quente e café fresquinho!!

Este é um bolo especial e bem diferente dos bolos de cenoura convencionais. Espero que gostem muito!

No liquidificador, bata1/2 xic de suco de laranja com 2 ovos, 1/2 xic de manteiga , 3/4de xic de açúcar e 1/2 cenoura crua sem casca e ralada.
Derrame a mistura em uma tigela e acrescente 1 xic de farinha sem glúten ou farinha de trigo ,1/2 col de chá de goma de xantana ( se vc usar farinha de trigo não precisa usar xantana), 1 col de chá de gengibre raladinho ou em pó, 1 col de chá de canela, 1/2 col de chá de noz-moscada ralada na hora, 1 xic de castanhas trituradas, 1/2 xic de passas  ( passe antes as passas por amido de milho) , 1/2 cenoura crua sem casca ralada e 1col de sopa de fermento químico.
Disponha a massa em forma untada e enfarinhada e leve ao forno quente até crescer e dourar.

Por Ana Aloba- Da-Rocha



Fiquem com Deus!!!

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Empadão de Frango com Requeijão

I

 Boa tarde!

Sei que há milhares de receitas de empadão circulando pelo mundo. Essa é a minha! A que mais gosto e a mais querida por aqui por isso vim compartilhar com vocês.
O segredo é o ponto da massa e isso se aprende fazendo e sem medo.

Para meu refratário de 20cm uso:
2 xic de farinha sem glúten( pode usar a de trigo tb)
150g de uma boa margarina, manteiga ou ghee
30 a 50 ml de água
1/2 col de café de sal
Misture bem com as mãos. Divida a massa em 2 . Forre o refratário com metade da massa e fure com um garfo.

Recheio
3 xic de frango cozido  desfiado
20 azeitonas picadas
1 copo de requeijão

Misture tudo e ponha por cima da massa no refratário.
Abra o resto da massa com um rolo e cubra a torta. Pincele com 1 gema misturada com 1col de sopa de azeite e leve ao forno para assar.

Fica maravilhosa!

Por Ana Aloba-Da-Rocha











sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Bolinhas de Coalhada Seca Temperadas




Boa tarde minha gente!
Hoje vim trazer uma receitinha simples que fiz com a minha mais nova paixão, a coalhada seca.
Depois que aprendi a fazer, tudo é motivo para usá-la no preparo de pratos ou simples como ela é.




Para a coalhada seca você vai  ferver 1litro de leite e deixar amornar na própria panela até que consiga colocar o dedo limpo e deixar por 10 segundos. Agora misture 1 copinho de iogurte natural sem açúcar, mexa, tampe a panela e cubra com um pano. Deixe por10 a 12horas. 
Forre uma peneira com um pano de prato limpo e escorra colocando uma vasilha em baixo e deixe na geladeira por 12h. Depois disso você obteve coalhada seca.

Agora você vai misturar à coalhada  2 col de sopa de azeite de oliva, sal e pimenta-do-reino a gosto, 1 dente pequeno de alho raladinho e 2col de sopa de cebolinho picado. Misture bem, modele as bolinhos e sirva. Se não consumir tudo leve o resto à geladeira por até 3dias.

Por Ana Aloba-Da-Rocha









terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Nhoque de Jerimun com Carne de Charque e Molho de Queijo e Carne



Boa tarde!

Andei ausente por algum tempo.
Nesse tempo de ausência do blog, vivi muitas histórias, andei por alguns lugares e aprendi muitas coisas. Algumas trouxe na bagagem, outras na memória e outras por lá deixei para que outros possam fazer delas o melhor que puderem.

Timidamente, fiz um post já este ano onde ensaiei o retorno ao blog, sabendo que queria voltar e falar, escrever, interagir com vocês. Agora é oficial, vamos dar sequência novamente a um trabalho que nunca deixou de existir, mas que estava lá apenas no Instagram @cozinhadoamor.

Esse prato de hoje, marca o retorno, e o dia lindo do Amor, o Valentine' s Day.
Espero que curtam a receita, que façam e que comam lindamente.

Aí vai!













O Nhoque 

Para o Nhoque, cozinhe o jerimun ou abóbora em pouca água ou no vapor, amasse com um garfo e coloque numa tigela 2 xic desse purê. Misture então 1 xícara de farinha de arroz e meia xícara de fécula de batata ou amido de milho, 1 ovo, e 1 col de sopa de azeite. Tempere com sal a gosto.
Essa massa deve ser manipulada com as mãos, portanto se ficou muito grudenta vá adicionando um pouco mais de farinha de arroz.
Depois disso modele o nhoque com a ajuda de duas colheres de sobremesa, formando casulos e vá despejando numa panela de água fervente que você vai deixar no fogo até o fim do processo. O nhoque estará cozido quando boiar. Você precisa ir tirando aos poucos a medida que forem boiando e colocar num escorredor de macarrão ou peneira.
Depois disso refogue cebola e alho numa mistura de 3 col de sopa de azeite e 1 de manteiga ghee ou comum se você não é intolerante a lactose e está pronto para servir.

A Charque

Essa é fácil demais. Escalde 500g de charque 2 vezes e escorra a água. Depois coloque na panela de pressão com água que cubra a carne,  por 30 minutos depois que começar a pegar pressão. Deixe a pressão sair normalmente e desfie a carne. Frite em azeite e adicione cebola roxa fritando também.

O Molho

Na mesma panela onde fritou a charque, refogue meia cebola roxa picadinha, acrescente 1 copo de iogurte natural caseiro e 1 xícara de queijo de coalho picadinho. Deixe ferver para que a charque que ficou na panela se misture ao molho e acrescente meia caixinha de creme de leite.

Agora é só servir quentinho e aproveitar.

Muitos abraços.

Fiquem com Deus!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Arroz a Carreteiro Família Rocha


Há muitos e muitos anos, aqui em casa fazemos este arroz que é pra lá de bom e muito prático. Acho que já comentei aqui o quão fã sou dos pratos únicos. Eles poupam tempo e via de regra alimentam de verdade.

No caso do Arroz a Carreteiro, é uma iguaria Brasileira oriunda da classe dos caminhoneiros  que precisam comer bem e muitas das vezes não podem fazer uso dos alimentos perecíveis pela própria atividade, então conta a estória que os caminhoneiros costumavam misturar a carne seca com o arroz e acrescentavam a batata para balancear o sal da carne e aí fazer uma refeição rica por assim dizer.

Uma vez absorvido o conceito e com a liberdade de usar outros ingredientes, desenvolvemos o nosso Arroz a Carreteiro que meu filho chama de  BVR ( o Bom e Velho Risoto) que é gostoso, do agrado de todos e quebra um galhão quando se quer comer algo gostoso e se está sem inspiração.
Aí vai nossa receita, veja abaixo.

Ingredientes

2 xícaras de arroz branco lavado e escorrido
3 batatas inglesas grandes
250g de carne de charque picada e escaldada uma vez apenas
1 linguiça calabresa cortada em rodelas
50 g de bacon picado miudinho
20 azeitonas sem caroço cortadas em rodelas
1 cebola grande picada
1 pimentão verde picadinho
5 dentes de alho amassadinhos
3 colheres de sopa de cebolinho picado
3 colheres de sopa de coentro picado
Azeite, sal e pimenta-do-reino a gosto
2 folhas de louro
5 xícaras de água fervente

Modo de Fazer

Numa panela grande frite primeiro o bacon, retire, reserve e na mesma panela frite a calabresa e depois a charque e reserve. Acrescente, se necessário, azeite e frite a cebola, o pimentão e depois o alho, volte o bacone as carnes para a panela e misture o arroz, as batatas, o louro e as azeitonas. Adicione a água fervente e deixe cozinhar até ficar pronto. Então desligue o fogo, misture o coentroe o cebolinho e sirva imediatamente.

Olha aí o arroz !



Bom apetite a todos e até a próxima se Deus quiser!!!!!!!!